"Dai-me a liberdade do meu coração que eu vos dou a minha completa emoção" Betimartins

Betimartins

As palavras fluindo do meu coração.

Mahatma Gandhi "Dai-me um povo que acredita no amor e vereis a felicidade sobre a terra."
Textos


Neste silencio da alma escuto os pobres espíritos conversando 
perdidos nestas dimensões sem saber para onde ir...
Talvez seja egoismo, mas preciso de estar sozinha!
Façam silencio, por favor, pois quero pensar
em como poderei vos ajudar!
Os gritos ecoam pela noite dentro, 
talvez sejam os cantos de saudade.
Sombras que se movem entre esquinas
vermes do esquecimento, sem rumo
esperando as suas próximas vitimas...
Soldados da legião da noite, soldados amaldiçoados
que rastejam pela lama da sua impunidade.
No alto, as luzes da esperança, ainda brilham
em corações amorosos e sempre amigos...
Um par de anjos descem para as catacumbas
dos homens esquecidos, mal amados e ultrajados!
Não chores, não chores pelo leito, perdido sai da tumba
e entrega-te ao arrependimento, não negues a verdade.
Medo da tua verdade, do mal que tanto fizeste na terra dos vivos
E vivo te sentes nessa penumbra do teu esconderijo.
Lembras do calor da tua mãe, dos beijos quentes e doces
que um dia a tua mulher te ofertou e os abraços dos teus filhos...
E a luz do arrependimento aflora dentro de ti, está chegando a hora!
Em vez de lamentos escuta o belo canto dos anjos e luz cega o espirito.
E a luz ofusca a alma dos perdidos resgatando-os dos escombros esquecidos...
Não estás mais sós, estás na luz do Amor Divino, do Amor do Pai, do Criador
e tudo fica tão bonito, não tem mais escuridão, só o amor no retorno do caminho da sua luz!
Betimartins
Enviado por Betimartins em 05/01/2018

Música: the sound of silence - Paul Simon

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
A alma do poeta é a porta dos sonhos por muitos ainda não sonhados.