"Dai-me a liberdade do meu coração que eu vos dou a minha completa emoção" Betimartins

Betimartins

As palavras fluindo do meu coração.

Mahatma Gandhi "Dai-me um povo que acredita no amor e vereis a felicidade sobre a terra."
Textos


 
Tudo me pareceu demasiado feio e tão obscuro
a terra já estava seca e as flores bem queimadas
o ar quente e pestilento, abafando as emoções
e eu já estava desfalecendo de tanta ansiedade...

 
A Noite estava chegando bem silenciosa e bem quente
a relva seca estalava sobre passos muito apressados
na rua escutava se cantos desgastados da triste ilusão
e as sombras estavam morrendo de sede dos homens!

Não se calem as Damas das noites, nem as Matreiras...
nem os doloridos Amores desfazados, sejam amordaçados
numa rua onde não tem carteiro e nem numero de identidade...

Num festejo onde os loucos só enchem a cara de bebida
entre as mesas velhas e cheias de historias do passado
O pobre poeta adormece as suas poesia, enebriado de amor!
Betimartins
Enviado por Betimartins em 26/04/2018
Alterado em 26/04/2018

Música: the sound of silence - Paul Simon

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
A alma do poeta é a porta dos sonhos por muitos ainda não sonhados.